Pesquisar dentro deste blog

Carregando...

Assista o programa do Olhar Digital+(Plus) do dia 13-09-2014 na Integra

Assista o programa do Olhar digital+ (plus) do dia 06/09/2014 na integra

Rede Wi-Fi / Wireless

Video da Seagate - Como funciona um HD

Diferenças entre sistemas 32 e 64 bits

Tecla Windows

Atalhos do Teclado para Windows

Como redimensionar um HD

Como salvar os emails e contatos do seu MS Outlook

quarta-feira, 23 de janeiro de 2008

Quais são os tipos de vírus de computador?

Existem atualmente 14 categorias de vírus de computador. Veja a seguir quais são os tipos de vírus e suas características:

Arquivo= Vírus que anexa ou associa seu código a um arquivo. Geralmente, esse tipo de
praga adiciona o código a um arquivo de programa normal ou sobrescreve o arquivo. Ele costuma infectar arquivos executáveis do Windows, especialmente .com e .exe, e não age diretamente sobre arquivos de dados. Para que seu poder destrutivo tenha efeito, é necessário que os arquivos contaminados sejam executados.

Alarme falso= Não causa dano real ao computador, mas consome tempo de conexão à Internet ao levar o usuário a enviar o alarme para o maior número de pessoas possível. Se enquadra na categoria de vírus-boato e cartas-corrente*.

Backdoor= Como o próprio nome diz, é um vírus que permitem que hackers controlem o micro infectado pela "porta de trás". Normalmente, os backdoors vêm embutidos em arquivos recebidos por e-mail ou baixados da rede. Ao executar o arquivo, o usuário libera o vírus, que abre uma porta da máquina para que o autor do programa passe a controlar a máquina de modo completo ou restrito.

Boot= Vírus que se infecta na área de inicialização dos disquetes e de discos rígidos. Essa área é onde se encontram arquivos essenciais ao sistema. Os vírus de boot costumam ter alto poder de destruição, impedindo, inclusive, que o usuário entre no micro.

Cavalo de Tróia ou Trojan= São programas aparentemente inofensivos que trazem embutidos um outro programa (o vírus) maligno.

Encriptados= Tipo recente que, por estarem codificados, dificultam a ação dos antivírus.

Hoax*= Vírus boato. Mensagens que geralmente chegam por e-mail alertando o usuário sobre um vírus mirabolante, altamente destrutivo.

Macro= Tipo de vírus que infecta as macros (códigos executáveis utilizados em processadores de texto e planilhas de cálculo para automatizar tarefas) de documentos, desabilitando funções como Salvar, Fechar e Sair.

Multipartite= Vírus que infecta registro mestre de inicialização, trilhas de boot e arquivos

Mutante= Vírus programado para dificultar a detecção por antivírus. Ele se altera a cada execução do arquivo contaminado

Polimórfico= Variação mais inteligente do vírus mutante. Ele tenta difiultar a ação dos antivírus ao mudar sua estrutura interna ou suas técnicas de codificação.

Programa= Infectam somente arquivos executáveis, impedindo, muitas vezes, que o usuário ligue o micro.

Script= Vírus programado para executar comandos sem a interação do usuário. Há duas categorias de vírus script: a VB, baseada na linguagem de programação, e a JS, baseada em JavaScript. O vírus script pode vir embutido em imagens e em arquivos com extensões estranhas, como .vbs.doc, vbs.xls ou js.jpg

Stealth= Vírus "invisível" que usa uma ou mais ténicas para evitar detecção. O stealth pode redirecionar indicadores do sistema de modo a infectar um arquivo sem necessariamente alterar o arquivo infectado.

*Hoaxes e cartas-correntes

Hoaxes= são mensagens de e-mail que contêm informação incorreta sobre códigos maliciosos ou eventos do sistema. Esses avisos geralmente descrevem características fantásticas ou impossíveis que levam o usuário a difundir a mensagem ou a fazer alterações indesejadas no sistema. Um hoax pode ser considerado um estorvo só pelo fato de induzir os usuários a encaminhar o "aviso" para todos os seus conhecidos, consumindo tempo de largura de banda.

Cartas-correntes= têm o mesmo propósito dos hoaxes, mas usam um método um pouquinho diferente. Em vez de assustar o internauta, a carta-corrente oferece sorte ou dinheiro para quem enviar a mensagem para um X número de amigos, apostando no medo da má sorte do destinatário desavisado.
Fonte: Uol Tecnologia


Nota:
Alguém disse que eu estava plageando o assunto postado. Na verdade esta pessoa não sabe o que é um blog ou como funciona. Eu posso postar qualquer assunto no meu blog tirando este assunto de qualquer site desde que eu indique a fonte, isto não é plágio. O que aconteceu aqui foi que eu esqueci de dizer a fonte do assunto. Mesmo assim, agradeço a participação.

6 comentários:

  1. sábia que plágio é crime. e esse assunto já tem em um site da uol.
    você copiou e colou, pois está idêntico. estou apenas orientando você.

    ResponderExcluir
  2. PLÀGIO È CRIME UOL TEM MELHOR..... SO ORIENTANDO MELHOR PREVENIR DO Q REMEDIAR OK

    ResponderExcluir
  3. Uma informação importante como essa deve ser repassada para todo mundo, ainda que seja copiada de algum site. E dizer que existem 14 categorias de virus de computador e quais são elas não é um assunto exclusivo de ninguém, qualquer um que se aplicar em estudar o assunto saberá disso. Parabéns pelo assunto postado.

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pela postagem. Ela me ajudou a conhecer um pouco mais sobre vírus de computador.

    Para Van e Deco e Kk e Dry:
    Vamos aprender a acentuar as palavras corretamente pelo menos. Usar crase onde deveria ter um acento agudo ou acentuar a palavra "sabia", isso é crime, estão assassinando o Português. Kkkkk

    ResponderExcluir
  5. ola cara gostari se vc ouder me dizer quais tipos de aquivos existem e quais sua funcoes te leitura

    ResponderExcluir
  6. Vc está perguntando sobre os tipos de arquivos ao dono do blog? Tente ser mais específico.

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigado por fazer um comentário para esta postagem. Assim você me ajuda a melhorá-las.

Conheça a sua nova carteira de identidade

Pesquisa personalizada

Linux